sexta-feira, 3 de abril de 2009

Águas de março

Alguém já tinha me dito que a primavera aqui é que é a estaçao da chuva...Faz quase uma semana que nao pára de chover. Hoje, felizmente e finalmente, saiu um solzinho porque tava osso. Mas nem por isso deixei de aproveitar algumas coisas.

Fui ver o último filme do Almodóvar e gostei muito. Joselito até chorou (achei tao bonitinho...). Fomos nós dois e Karmelo se convidou. Depois tomamos umas cervejas por Grácia para rematar a noite.

Também estreei a minha cama!!! Uhu! O melhor de tudo é que nao faz ruido nenhum (diferente da cama de Jose que é dessas montadas na parede, de ferro, que gemem mais que eu). De manha sai para comprar pao, fiz café, comemos juntos, fiz un bocata para ele levar pro trabalho, dei algumas frutas e acabei me sentindo como a esposa perfeita...Que estranho...Nao me irritou nada me sentir assim.

Passei quase um dia todo na casa da Valéria, uma das camareras da Bikini. Ela é baiana e como tal super engraçada. Um dia me ligou para saber o que eu tava fazendo e como a resposta foi "nada" me convidou para ir comer. Fui e confesso que passei muuuito bem. A bicha tem uma mao pra cozinha que é coisa de louco. O próximo passo é convencer a danada a fazer uma feijuca na minha casa no meu niver. Ela ainda nao topou. Mas eu tb nao desisti de seguir tentando.

Também andei lendo coisas bem interessantes. Li "A sorte está lançada", do Sartre, e achei interessante. Claro que nao deve nem chegar aos pés do original em francês, mas deu pra sentir que o cara manda bem. Aproveitando, estou lendo também um da Simone de Beauvoir, que em castellano foi traduzido como "La Mujer Rota". Incrível!!! Quase o terminei em uma tarde. Para quem nao sabe ambos foram amantes durante toda a vida e antes de vir para Barcelona li um livro que continha muitas das cartas que ambos trocaram durante quase 50 anos de relacionamento. Fica a dica.

Pelo menos um domingo por mês têm showzinho de bossa nova no bar do irmao do Marcos, o Kan Kan (lembra, Mari? O das velinhas). Domingo agora vai ter de novo. O mais engraçado: o cara que canta é venezuelano mas canta perfeitamente em português. Já o cara do violao é brasileiro, Fillipi, e manda muuuito bem também. O melhor é que é de graça. Da última vez cheguei sozinha, às 20h. Voll-Damm vai, Voll-Damm vem e quando Joselito chegou, quase às 23h, eu já tinha tomado 5. Com ele tomei mais uma e...bem, a volta pra casa teve caídas das bicicletas, claro. Jose quase atropelou um taxista (felizmente só machucou um pouco os dois joelhos). E eu na subida da casa dele deixei a bicicleta escapar (só fiquei com um roxo na coxa, e nada mais). Vamos ver qual vai ser o resultado do próximo concerto...

Pra terminar: vai ter show do Rappa dia 27 aqui. Já teve Lenine (nao fui porque achei caro) e vem também a Vanessa da Mata. Essa sim, eu faço questao de ver porque...eu sou neguinha!

3 comentários:

Édnei Pedroso disse...

Bah, nem fala. A Grazi me disse que o povo tá quase criando guelras aí.=P

Beijos.

J.F. de Souza disse...

Chova tudo o que tiver pra chover pra esse lado... Que em junho eu quero é sol!!! Falta pouco!!! Uhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!! =D

Saudades...

=*

Zizinha disse...

Compre as minhas amadas galochas! O kan kan, como poderia me esquecer? To com tanta saudade dai.... de vcs... ate que enfim o Beto me ouviu, só vacilou de levá-los bem quando nao estou!!! Como está o Mestre dos Magos? Mande um beijo a todos!
saudaaaaaaaade
ps: adoravaaaaa quando vc caia da bike, eram sensacionais nossos ataques de risos!